Saia na frente com o autoatendimento

O autoatendimento já é uma realidade comum à maioria das empresas, seja ela de pequeno ou médio porte. Tendo em mente que não é necessário um grande orçamento ou infraestrutura dedicada para o autoatendimento, é um mundo de possibilidades cada vez mais fácil de ser integrado à rotina dos negócios.

Quer uma prova de como isso é levado em conta de forma constante no mercado? Empresas podem saber o que seus consumidores pensam sobre seu negócio e como avaliam eventuais contratempos inevitáveis à natureza do serviço.

Observe o seguinte: partindo do princípio de que é impossível oferecer uma manutenção sem falhas em uma concessionária de energia, por exemplo, com áreas colossais de equipamentos e seus pontos de distribuição, a ideia é acolher o consumidor e amparar suas dores, garantindo presença e oferecendo atenção imediata. Uma medida que, aliada a informações sobre o motivo do problema e previsões para normalização, se mostra eficiente e ajuda a construir uma imagem de confiança e segurança da empresa. E todo esse circuito faz parte de um autoatendimento eficiente. A partir desse ponto, já podemos entender a importância em ter uma boa plataforma de comunicação.

Novas tecnologias, novos comportamentos

Em uma escala global, uma nova tendência de oferta de produtos e serviços está modificando o comportamento do consumidor final, de modo que o e-commerce, em alguns países, já representa a fatia majoritária em diversos setores. Por isso, o investimento em tecnologias para atender bem é mais que necessário.

O consumidor de hoje está cada vez mais ativo e independente. E o mercado precisa atender essas expectativas onde tudo pode ser resolvido em um clique. Um dos maiores erros de muitas companhias é ignorar esse fato e colocar em risco o seu negócio. Risco esse que, em muitas vezes, pode ter consequências drásticas e não podendo ser mais revertido com soluções tardias.

Até pouco tempo era maçante tentar reportar uma simples falta de luz. Era preciso ter em mãos alguns documentos, comprovantes… Sem falar nos diversos redirecionamentos telefônicos, onde cada atendente não fazia ideia do que se tratava. Na verdade, os operadores nem sequer sabiam o seu nome e era incontornável ter que se identificar e explicar todos os pormenores do seu problema inúmeras vezes. Era, sem dúvida, um tempo mal aproveitado: o consumidor ficava frustrado e, consequentemente, afetava negativamente o seu conceito acerca da empresa.

As soluções de autoatendimento oferecidas atualmente acabam com o desperdício de tempo — tanto para o consumidor quanto para a empresa —, possuem inteligência para atender de forma personalizada o cliente, além de fornecer informações e prazos para a resolução do problema.. É um tipo de processo que constrói uma boa autoridade para a empresa e contribui para uma percepção positiva de seus serviços.

Comentários

instant-solutions